.

21 janeiro, 2013

Tocando minha vida: Capítulo 2

Primeiro capítulo aqui.
    Parece que ele leu meus pensamentos, porque logo ele segurou na minha mão e disse "Alana, preciso falar uma coisa pra você, podemos ir lá fora um pouco?". Foi aí que tudo começou. Estava em casa, deitada na minha cama, olhando para o teto com um sorriso bobo no rosto, lembrando de todos os acontecimentos dessa tarde.

    Eu e Lucas saímos da sala do cinema. Minhas pernas estavam tremendo tanto e meu coração, nossa, nem se fala! Parecia que ia sair pela minha boca e pular corda, de tão acelerado que estava. Lucas ainda estava segurando minha mão, e tudo que eu mais queria agora é que aqueles dedos entrelados ao meu tivessem alguma coisa a ver com o que ele queria me dizer. Parece que eu já já iria saber a resposta, porque Lucas logo encostou no meu braço, como sinalizasse que eu podia parar, que tínhamos chegado no ponto que ele queria. Estávamos na frente de uma das salas de cinemas, ninguém por perto. Ótimo. Olhei de canto de olho para Lucas. Ele estava me encarando, grande novidade. Mas, parecia muito nervoso. Virei de frente para ele.


    -Hm, o que você quer me dizer, Lucas? Está me assustando (risos).
    -É... então, Alana... Eu estava querendo te dizer uma coisa a muito tempo, tipo... desde o dia que eu te conheci. Você é minha melhor amiga, então eu te contava tudo que eu passei e... não, eu ainda conto, calma. Como eu ia dizendo, e você sabe tudo que acontece comigo e tudo que eu passo. Então, você sabe se eu já "fiquei" com tal garota. Só fiquei mesmo, porque namorar eu nunca iria conseguir pois meu coração não era delas, eu não consigo namorar sério com ninguém que meu coração não seja unicamente e inteiramente da pessoa. Meu coração não era delas, porque é e sempre será seu. - ataque cardíaco monstro - E eu não consigo ficar segurando isso aqui dentro, sabe? Eu te contava que eu ia sair com tal garota e sentia que você ficava enciumada... mas, eu não sei o que você sente por mim. Você nunca me conta as coisas. Eu queria que você entendesse, que eu não gosto quando você fala de outros garotos pra mim, nem mesmo se ele é "bonitinho", porque... eu... ahm... eu... eu te amo.

    Sabe quando você está vivendo uma coisa incrível, achando que tudo é real, num mundo perfeito, e aí sua mãe vem e te acorda? E você percebe que nada era real? Então, foi assim que eu me senti. Eu esperava ouvir aquilo desde o momento que eu conheci Lucas. Eu estava tão feliz. A única coisa que eu consigui fazer foi ficar olhando pra ele, com uma cara de boba alegre. Ele voltou a falar, me tirando de devaneios e comemorações na minha própria mente.


    -Por favor, não fique assustada, mas eu queria te pedir uma coisa: Me dê uma chance de te fazer feliz. Eu te amo. - Ele tirou um colarzinho com um pingente de nota musical e colocou no meu pescoço. NOTA MUSICAL? Ele me conhece tão bem... - Quer namorar comigo?

    Eu estava quase agarrando ele naquele corredor, por simples três motivos: 1- Ele disse que me ama, com todas as palavras. 2- Ele deu um colar pra mim com uma nota musical, ele me conhece direito! 3- Ele quer namorar comigo. NAMORAR. Por isso, fiz uma coisa por impulso, mesmo sendo algo que queria fazer a muito tempo. Cheguei mais perto dele, e mais, e mais... Fui sentindo o calor do corpo dele e aquele perfume maravilhoso que ele estava usando se envolver em mim. Encostei minha testa na dele. Meus lábios foram chegando mais perto dos dele e os deles no meu. Mas, não foi aquele beijo de cinema, pois não me sentia confortável demonstrando tanto afeto em público. Dei um beijinho carinhoso nele e disse:

    -É claro que quero namorar com você, seu cego! Eu estou apaixonada por você desde a primeira palavra que falei com você. Eu te amo muito, e não sei como vou compensar tudo isso que você falou pra mim.

    Ele simplesmente deu aquele sorriso de orelha a orelha que eu tanto amo e me deu mais um beijo, fazendo eu ficar muito vermelha. Seus dedos foram se entrelaçando aos meus. Ele virou pra mim e disse que devíamos voltar para a sala de cinema, se não iríamos perder o filme. Mas, ver o filme foi a última coisa que fizemos... (se é que vocês me entendem, hehehe)

    Saímos de mãos dadas da sala de cinema. Encontramos a Ana e o Kevin logo na saída da sala, também de mãos dadas e com uma cara de culpados que eu também deveria estar. Eu já sabia o que tinha acontecido, conhecia muito bem aqueles dois. Mas, eles pareciam muito confusos, olhando com uma cara de ponto de interrogação para nossas mãos entrelaçadas. Lucas, logo sussurou: "Eu vou contar tudo pra o Kevin", "Melhor, eu também vou contar para a Ana, antes que ela exploda de curiosidade (ambos riem)".


    Puxei a Ana para o lugar para longe dos meninos, para ela poder dar o piti dela e falar : "AI MEU DEUS, ME CONTA TUDO!". E como ela era previsível!

    -ALANA, MEU DEUS, ME CONTA TUDO! Como aconteceu? Não, não, vocês se beijaram? Vocês tão namorando? Sério, fala. FALE!

    -Calma, Ana. Ele me pediu em namoro, falou que me ama desde do dia que nós nos conhecemos, me deu esse colarzinho, - Ana fala: Own... - e sim, nós nos beijamos. Mas, nem fica toda animadinha, foi um beijinho de nada, não aqueles de cinema que você deve ter dado no Kevin! Você também tem que falar, né?

    -Ai, Alana, ele é muito tímido, disso você sabe, mas ele falou coisas tão bonitinhas, nem parecia o Kevin! Ai, ele disse que me ama, e que não era da boca pra fora, e que queria que eu fosse a namorada dele, me deu um beijão antes mesmo de eu responder. Mas, acho que ele já sabia que a resposta era sim. Ai, eu tô tão feliz, você nem sabe!

    Não, eu sei sim. Do jeito que ela falou milhões de 'ai's com certeza ela deve estar com a cabeça nas nuvens!

    -Fico muito feliz por você, Ana, sério! Vem aqui, me da um abraço!

    Fomos encontrar os meninos. Estávamos tão felizes, rindo, de braços entrelaçados. Finalmente... Era a única coisa que passava na minha cabeça. Finalmente... Parece que eles também estavam felizes, porque, não sei a piada, mas eles estavam rindo tanto... Ai, como eu amo o sorriso do Lucas! Como alguém consegue ser tão lindo, me diz! Depois não aconteceu nada de mais. Fomos lanchar, e depois fui embora (ganhando um beijo de despedida do Lucas, hehe).



    Eu e minha mãe sempre fomos muito amigas, então, ela sabia da minha paixão pelo Lucas. E assim como a Ana ela ficou animadíssima. Vamos dizer que meu diálogo com ela foi exatamente igual ao que eu tive com a Ana. Depois de um longo interrogatório de como tinha sido meu primeiro beijo, sim, primeiro, fui para o computador. Liguei ele e fui direto para o Facebook. Péssima ideia, lá eu encontrava uma notícia horrível...

(continua...)






Eaí, gente! Gostaram? Querem saber o que vai acontecer? Curiosos para saber qual é a notícia horrível? Esperem até dia 28, que eu mato a curiosidade de vocês! Mas, e esse capítulo? Ficou bom? Comentem por favor, opinem, falem se já passaram por situação parecida, com que você se indentifica, enfim, façam a festa do caqui de vocês quiserem nos comentários! Um beijão!

13 comentários:

  1. Esse capítulo ficou muito bom!
    http://anonimajaqueenjoasereu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Cara lindo demais. Amei Alice, esse Luca é mesmo um L I N D O.
    É fictícia ou verídica está história?
    Beijos
    http://coffein-paris.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, ele é sim! Fiz um personagem que toda garota sonha! Pra vocês ficarem babando na frente da tela, MUAHAHAHHAH brinks, haha.

      Fictícia...

      Beijinhos!

      Excluir
    2. Nossa, mais voocÊ escreve bem mesmo, e tem uma imaginação que... Só o O U R O haha'.
      Enfim, tá linda, eu quer um desse pra mim. o.Ô

      Excluir
    3. Hahaha, que isso! Mas obrigada <3

      Eu também quero (mas só mais pra frente, hehe).

      Beijinhos!

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Leitora novaaa!!!
    nossa amei o blog e o capitulooo!!!
    vou pirar de curiosidade!
    bjão pra vc tbm lindaa!
    :*

    ResponderExcluir
  5. Aceito afiliação sim linda! É só voce me colocar na elite e me avisar que eu coloco tambem!
    Vou ler o primeiro capitulo para entender a historia kkkkk
    Beijooooks!
    http://moda-teensworld.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Gente que lindo. Amei viu?
    http://www.foreveerdivas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo, estou seguindo seu blog, se quiser segue de volta? http://umpocode.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu vou bater em você Alice! SANTA MÃE DE DEUS! Por que você sempre deixa esse ar de suspense no final da história? D;
    O modo como você descreveu as palavras do Lucas foi tão intenso que eu realmente cheguei a pensar que era pra mim (ok, não) mas ficou muito bom!
    Cara é a primeira websérie que eu gosto! suahsuahsuah e olha que eu não gosto de melação! Aff, acertou em cheio!

    a-procura-do-horizonte

    ResponderExcluir
  9. Alice, sua menina malvada! Humph!
    Eu vou arrancar meus dedos de curiosidade aqui!!!
    O jeito é esperar chegar segunda-feira!!!

    ResponderExcluir
  10. aaaaaaaaaaaah para! nova leitora !!
    maiiiiiiiiiiis!!

    ResponderExcluir